domingo, 21 de abril de 2013

Projeto: “Crianças-Poemas soltam Pipas no Céu”- Artes e Língua Portuguesa–4º Ano “E”

DSC03107

  “O que se aprende com prazer nunca se esquece”

A partir desta ideia, quando o assunto na sala era pipa, agora até entre as meninas, a professora do 4º Ano E -  Professora Nice – Turno Matutino, com a turma passando por uma série de dificuldades em língua portuguesa, comuns aos alunos do 4º ano, como produção de texto; estrutura, coerência… e principalmente correção ortográfica… se  aproveitou-se deste momento, em que a turma estava muito motivada com as histórias sobre “pipas”, elaborou um projeto com o foco no tema afim de obter melhores resultados nos conteúdos em questão.

Planejou para 4 aulas, o projeto:

1ª Aula –Artes

Propôs aos  alunos  trazerem todo o material para confeccionarem as pipas:

Materiais:

- Varetas de bambu (3 ou mais);                       pp
- Folhas de papel de seda (1 ou mais);
- Cola branca;
- Linha;
- Tesoura;
- Régua;

Na aula de artes estando prontos para o passo a passo para confeccionar uma pipa que realmente voasse, arte em que os meninos são “mestres”, falar sobre o cerol, e os seus perigos, foi o momento de se trabalhar os “valores”, tão necessário, principalmente em relação á essa brincadeira tão usual , nesta época do ano, e que tantos danos e acidentes causam.

DSC03096 DSC03097

O perigo do cerol

c                               O Cerol é uma mistura de cola com caco de vidro moído que posteriormente são aplicadas às linhas de pipas com a finalidade de cortar a linha de outras pipas adversárias em uma batalha para ver quem pode mais. O saldo dessa irresponsabilidade é que ao final dessas brincadeiras ficam pelas ruas pedaços de linhas que são praticamente invisíveis aos olhos de quem trafega conduzindo veículos ciclomotores, e quando esses condutores inadvertidamente se chocam com a linha de pipa contendo cerol, acabam atingidos principalmente nas mãos, braços, tronco, pescoço e rosto.

   As linhas com cerol possuem uma enorme capacidade de corte e provocam ferimentos profundos que são potencialmente mortais quando atingem a região do pescoço e quando não mata, deixam sequelas terríveis em suas vítimas.

O cerol em linhas de pipas é utilizado praticamente no ano todo, mas é na época das férias escolares que as ocorrências dos acidentes são mais comuns. A linha de pipa com cerol é só mais um dos problemas enfrentados por pessoas que usam motocicletas para o trabalho ou lazer. Essa atividade criminosa considerada brincadeira de criança, também é a diversão de muitos adultos irresponsáveis.

Como se proteger?

Alguns aparatos foram desenvolvidos para evitar acidentes envolvendo linhas com cerol como, por exemplo, as antenas aparadoras de linhas de pipas e protetor de pescoço.

Apesar das várias campanhas alertando para o perigo dessa "brincadeira", pouco tem surtido efeito, pois o cerol ainda continua sendo utilizado indiscriminadamente e fazendo suas vítimas por todo o país. É necessário que os pais tomem as rédeas dessa situação e promovam uma conscientização sobre essa prática, educando seus filhos sobre as consequências do uso do cerol.

Se ocorrer um acidente causando a morte da vítima, a pessoa que contribuiu para o acidente poderá ir para a cadeia se for identificada. Outras penalidades são previstas para quem coloca a vida de terceiros em risco, portanto, mesmo que não ocorra alguma morte, há mecanismos de punição para os pais e os adolescentes envolvidos nos acidentes.

Empinar pipa é uma diversão saudável que remete a nossa infância trazendo grandes recordações, só não podemos transformar essa brincadeira inocente em uma arma perigosa que pode mudar a vida de outras pessoas para sempre.

2ª Aula – Recreação na Quadra

As crianças, após terem confeccionado as pipas foram solta-lãs na quadra da escola.

DSC03078 DSC03082

DSC03090 DSC03093

Terminado o tempo da recreação, penalizados, voltaram para sala de aula  todos foram descrever (produção de textos) sobra a aventura de soltar  pipas na escola, com suas descrições e sensações:

DSC03105 DSC03102

DSC03101 DSC03103

Os melhores textos, escolhidos, (a professora achou difícil de escolher – todos estavam ótimos) e para  surpresa de todos as meninas bateram o “Record” entre  os melhores:

DSC03108

Luíza Firmino de Oliveira  - 4º Ano E – Matutino

DSC03110

Aluna: Raissa Lopes de Oliveira – 4º Ano E

DSC03112

Aluna    : Melissa – 4º Ano E

DSC03120

Aluno:  Alexandre – 4º Ano E 

DSC03118

Aluna : Samila – 4º Ano E

DSC03122

Aluna :  Aline – 4º Ano “E”

4ª Aula – Correção – Autocorreção

Cada aluno lê, primeiro silenciosamente, depois lê em voz alta e procura perceber quais palavras errou na escrita. Faz uso de dicionário, e  tira dúvidas com a professora. Depois num segundo momento, correção individual com a professora.

“O que se aprende com prazer nunca mais se esquece”

Cliquem nas imagens e leiam os textos, foram fotografados antes da correção: a professora Nice vai ter uma surpresa, os erros foram mínimos. Ortográficos? quase nenhum... apenas concordância e plurais... ISSO PROVA QUE A ATIVIDADE SIGNIFICATIVA MOTIVA O ALUNO A SUPERAR SUAS PRÓPRIAS DIFICULDADES!

Parabéns à professora Nice e todos os alunos do 4º Ano “E” – Matutino!!!

FONTE

Por: Valdeci T. Ribeiro  perigos do Cerol

http://www.liveseg.com/o_perigo_do_cerol.html

Parabéns à professora Nice e todos os alunos do 4º Ano “E” – Matutino!!!

Por: Valdeci T. Ribeiro  perigos do Cerol

http://www.liveseg.com/o_perigo_do_cerol.html

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Este espaço virtual educativo, publicando as atividades da Escola, ficará mais rico com seu comentário, sugestão ou crítica. Deixe sua mensagem e volte sempre. E obrigada pela visita!