domingo, 21 de abril de 2013

“Do Menino Maluquinho ao Surgimento do Planeta” e “Plantas que Curam”- I Mostra Cultural

clip_image001O 4º Ano G – Vespertino – Professora Andréia, na I Mostra Cultural, analisaram um dos Projetos desenvolvidos durante o ano, e escolheram o "Projeto Roda de Leitura”, em que uma série de livros literários foi lida, durante todo o ano letivo; livros lidos, interpretados e explorados das mais diversas formas: desde os conteúdos curriculares em Língua Portuguesa ao enriquecendo dos conhecimentos, levando-os à compreensão do mundo e às viagens maravilhosas do “imaginário” - um trabalho prazeroso, divertido, que virou hábito: e o esperado aconteceu -“aprender a ler” e “ler para aprender”!

Através de uma história que se pode descobrir outros lugares, outros tempos, outros jeitos de agir e de ser, outras regras, outra ética, outra ótica... É ficar sabendo história, filosofia, direito, política, sociologia, antropologia, etc. sem precisar saber o nome disso tudo e muito menos achar que tem cara de aula (ABRAMOVICH, 1997, p.17)

E se depender da turma da professora Andréia, os seus alunos (4º Ano G) demonstraram saber que eles também são responsáveis pela aprendizagem, já descobriram nos livros um instrumento motivador e desafiador, que lhes assinalam o potencial de cada um no processo de compreender o contexto em que vivem e a capacidade de modificá-lo de acordo com as suas necessidades.

E revirando o baú da leitura escolheram para a I Mostra de Cultural os livros que mais gostaram:

1-clip_image002 2-clip_image003 3-clip_image004

1-“O Menino Maluquinho” – Ziraldo – Editora Melhoramentos

A história de um menino traquina que aprontava muita confusão. Alegria da casa liderava a garotada, era sabido e um amigão. Fazia versinhos, canções, inventava brincadeiras, e usava uma panela na cabeça…

2 – Chapeuzinho Amarelo – Chico Buarque - Editora Jose Olympio

Chapeuzinho Amarelo, uma menina amarela de medo! Ela tem medo de tudo! Mas no desenrolar da história ela faz descobertas e passa a inclusive a brincar com as palavras.

3- A Bruxinha que era Boa-Maria Clara Machado-Editora Nova Fronteira

A bruxinha Ângela é um fracasso na Escola de Maldades da Floresta. De castigo, ela é levada para a Torre de Piche, mas acaba conhecendo Pedrinho, um jovem lenhador que não se assusta com a sua aparência e pode ajudá-la a ganhar a tão sonhada vassoura a jacto.

4- O Surgimento do Planeta Terraclip_image005

Preparando a apresentação aos pais, a professora Andréia e os alunos, ocupando vários espaços, na sala de aula:

fizeram exposição do principal traje e objetos da preferência, como a bola e a panela que usa na cabeça, do Menino Maluquinho (onde qualquer visitante que quisesse podia usar o vestuário) foi um grande sucesso – crianças e pais não resistiram, vejam as imagens:

clip_image006 clip_image007

clip_image008 clip_image009

Trajes e objetos do "Menino Maluquinho”. Aluno visitante da exposição.

clip_image010 clip_image011

Mãe de uma aluna da turma.        Aluna da turma.

“O Sonho de cada criança que lê as aventuras do Menino Maluquinho é poder se vestir como ele, como se fosse o próprio Menino Maluquinho: na Mostra Cultural do 4º Ano “G” – isso não foi apenas um sonho – tornou-se realidade”.

Em outro espaço da sala de aula, através de um álbum seriado, onde cada um dos alunos escreveu como se identificava com o Menino Maluquinho:clip_image012

“SOU UM(a) MENINO(a) MALUQUINHO(a) PORQUE…”,

foi apresentado aos visitantes da Mostra Cultural – o que foi bem divertido – e todos gostaram e curtiram a apresentação!

Exposição dos trabalhado criados pelos alunos através da leitura do livro – Surgimento do Planeta Terra – que maravilhados pelos conhecimentos tão complexos, desejaram que muitas outras pessoas, alunos da escola, professores de outras séries, as famílias presentes, pudessem ver como eles conseguiram reproduzir o que aprenderam. Os visitantes curiosos se interessavam sobre o significado de cada representação. Os alunos ficaram gratificados com a repercussão do trabalho desenvolvido com tanta preocupação, não só de informar, mas, claro, também de ser apreciado!

clip_image013

Parabéns à professora Andréia e aos alunos do 4º Ano “G” – vespertino – pelo belíssimo trabalho apresentado, demonstrando que "ler é aprender” e pela valorização aos grandes e maravilhosos autores brasileiros da literatura infantil!

PLANTAS QUE CURAM!

FOI O GRANDE SUCESSO DA MOSTRA CULTURAL DO 4º ANO “F” – Prof.ª SANDRA

clip_image014

“Recorrer às virtudes curativas de alguns vegetais é uma das primeiras
manifestações do homem, marcando um antigo desejo de compreender e utilizar a natureza como recurso terapêutico, nas doenças que afligem o corpo e a alma.”

        “Plantas que Curam” foi mais do que uma mostra de conhecimentos, foi um projeto que envolveu a turma toda, as famílias e a comunidade. E muito antes de colocarem em exposição o resultado desta viagem em busca conhecimento e experiências fantásticas nunca imaginadas, os alunos, levando as famílias para uma interação com suas descobertas na escola, por duas semanas: viveram o Projeto “Plantas que Curam”.

   A descoberta da riqueza que há nas coisas mais simples e aparentemente insignificantes, como uma plantinha no quintal de casa, foi o ponto de partida para uma gama de conhecimentos que jamais esquecerão e que, com certeza, será lembrada nas habilidades e competências adquiridas e que se tornará  “em práticas no cotidiano de suas vidas”, no futuro.

As Grandes s Descobertas sobre a Medicina Natural:

Plantas que Curam

         As plantas têm sido usadas para curar o corpo desde os tempos pré-históricos, e o estudo das ervas medicinais data de mais de cinco mil anos. As plantas sempre foram usadas pelo homem na cura de doenças, mas elas também entre outras, servir de alimentos e até mesmo veneno. Por muito tempo a prática de cultivar ervas que curam ficaram á parte dos cuidados do homem pela saúde, porque os laboratórios extraindo da natureza passaram a fabricar medicamentos que eram receitados pelos médicos. Ainda hoje este costume é bastante usado.

       Atualmente, em vários meios de comunicação, como a televisão, o rádio a internet o que mais se ouve é um retorno das pessoas em busca de saúde e cura para suas doenças através de plantas: algumas verduras, frutas e ervas. E cada vez mais cresce o número de pessoas que estão deixando os remédios químicos para o uso de “Plantas que Curam”.

       Deste resumo o sobre as riquezas que a natureza traz para nossas vidas, os alunos do 4º ano “F” despertaram, construindo elos com os conhecimentos que traziam do cotidiano familiar, dos noticiários, crivando a professora Sandra de perguntas e de relatos, que foram então organizados passo a passo, pela professora, para que chegassem ás descobertas do poder que as plantas tem de proporcionar saúde e bem estar a todos:

1- Inicialmente a professora solicitou que os alunos, que pesquisassem junto  às famílias se havia algum tipo de planta que era usada como remédio, que trouxesse uma amostra e relatassem aos colegas; o nome da planta, como se cultivava, para qual doença era usada, e como era preparada.

Os alunos trouxeram de casa, ou de vizinhos, com a ajuda das mães, algumas ervas como:

1-clip_image015 2-clip_image016 3-clip_image017 4-clip_image018 5-clip_image019

1-Projeto- chá para fazer o chá e dar aos bebezinhos para aliviar dores de barriga e acalmar.

2- Alecrim - modo de usar chá das folhas e flores – é bom para cicatrização de feridas, dor de cabeça de origem digestiva, problemas respiratórios.

3- Arruda: Parte usada folhas, flores – serve para dor, antiinflamatória, calmante, cicatrizante.

4-Arnica brasileira- cicatrizante, anti-inflamatório.

5- Capim Santo ou Erva-cidreira – faz o chá - alívio de pequenas crises de cólicas uterinas e intestinais, nervosismo e estados de intranquilidade.

2- Após a apresentação dos alunos, a professora Sandra listou uma série de ervas que são mais comuns no uso doméstico, assim com frutas e verduras:

Laranja – contem vitamina C

Limão – além da vitamina C, o chá da folha é usado para medicação contra a gripe.

Agrião – Cálcio

Alface- sais minerais, principalmente de cálcio e vitamina A

Gengibre_ estimula o apetite, é expectorante e analgésico.

clip_image020                          3-Além das ervas servirem como remédio, algumas tem excelente sabor e servem como alimentos, explicando a professora Sandra, propôs que experimentassem o chá de e todos gostaram e descobriram, que nem sempre os remédios, porque as mães obrigam a tomar, são amargos ou de sabor estranho, que tomar remédio pode ser, também um ato de prazer!

                                                         4- Os alunos fizeram produções de textoclip_image021os, relatando a origem do conhecimento e uso de plantas medicinais, classificação e indicação dos benefícios à saúde, abordando a questão de em muitas doenças somente a medicina natural é suficiente, que não se pode desprezar a medicina convencional.

clip_image022         5- A professora Sandra visitou o CEMA – Centro de Medicina Alternativa de Planaltina, trazendo para o Projeto amostras de plantas curativas, para que os alunos pudessem conhecer e recebeu uma oferta de “Cursos para as mães dos alunos – “Como preparara remédios caseiros”“.

clip_image023

O Centro de Medicina Alternativa de Planaltina funciona a mais de 20 anos oferecendo medicamentos fitoterápicos, massagem e acupuntura gratuita para os pacientes da região.

        A implantação do espaço foi do médico Carlos Alberto Campos. Ele trabalhava no hospital da cidade e decidiu criar um centro para prevenção de doenças.

        O centro conta com uma estufa onde são cultivadas as mudas das plantas que se transformam em medicamentos. São produzidos xaropes, pomadas e tinturas.

“Aqui nós distribuímos os medicamentos para os pacientes a partir de receitas”, diz o técnico em fitoterapia, Elias Ângelo de Medeiros.

clip_image024 clip_image025

Finalmente no dia da apresentação do projeto, as famílias presentes e alunos foram recebidos com um delicioso chá!

Parabéns à Prof.ª Sandra pela riqueza do projeto e aos alunos pelo trabalho que realizaram, e tudo que puderam aprender e demonstrar que aprenderam!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Este espaço virtual educativo, publicando as atividades da Escola, ficará mais rico com seu comentário, sugestão ou crítica. Deixe sua mensagem e volte sempre. E obrigada pela visita!